Pesquisa



A Pesquisa, definida como princípio científico e educativo, constitui-se no desafio essencial da universidade e da educação nos tempos atuais. Institucionalizada através do Par. 438.03/CUn/96, é a matéria prima do ensino e do conhecimento. Como princípio educativo, é uma das bases da educação emancipatória, ou seja, o questionamento crítico e criativo da realidade.

 

As políticas de pesquisa da URI preveem o desenvolvimento de pesquisas de qualidade pela qualificação de grupos de excelência, incentivo à pesquisa multidisciplinar, transferência de tecnologia, divulgação da produção, integração entre Pesquisa, Ensino de Graduação e Pós-Graduação e Extensão. Na URI, a responsabilidade pela regulamentação, gestão e avaliação da pesquisa envolve a PROPEPG, o CIAP – Comitê Institucional de Avaliação de Projetos de Pesquisa, o CEP – Comitê de Ética em Pesquisa, o CEUA – Comissão de Ética no Uso de Animais, os Grupos de Pesquisa, os Departamentos, as Direções de Câmpus e os pesquisadores.

 

Na URI, a Iniciação Científica e Tecnológica é vista como elemento e dimensão fundamental para despertar o surgimento de novos talentos para a pesquisa e docência. Desde 1994, a Instituição financia projetos de iniciação científica, oportunizando, aos acadêmicos, novas perspectivas para a Pós-Graduação. A Universidade mantém três programas de pesquisa: Programa Institucional de Incentivo à Pesquisa, Programa de Institucionalização da Pesquisa com Fomento Externo, Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica.