Arquitetura e Urbanismo da URI promove Mostra comemorativa aos 10 anos do curso

Com a presença dos diretores Gilberto Pacheco, Marcelo Stracke e Berenice Rossner Wbatuba, convidados especiais, estudantes e professores, o curso de Arquitetura e Urbanismo da URI inaugurou no Atelier Livre (prédio 20), a Mostra comemorativa aos 10 Anos do Curso.

Os desenhos, maquetes, projetos, trabalhos de conclusão de curso permanecerão expostos até dia 30 de novembro, tanto no Atelier Livre como em diferentes espaços da cidade: Estação Rodoviária, Centro Municipal de Cultura, Supermercados Weinert-Marechal Floriano, Café Cultura, Sicredi (duas agências), Unimed, Hospital Santo Ângelo, Unicred, Museu Municipal Olavo Machado, Loja Tumelero, Alumisul, Campeã Ferro e Aço, Loja Dallosto, Loja Formatto.

Em sua manifestação, a coordenadora do curso, Roberta Doleys Soares, fez um resgate da história, lembrando todos os coordenadores – Nelson Seidler, Dani Copetti e Thaís Brum  -e professores,

e enaltecendo a participação ativa do Centro Acadêmico “Maloca”, assim como o apoio da direção do Câmpus na evolução do curso. Ao abordar o papel do profissional na sociedade, agradeceu aos estudantes por desafiarem o curso a ousar, ser criativo e crescer.

O Diretor Acadêmico Marcelo Stracke agradeceu a todos que construíram a história do curso, assim como aos órgãos, entidades de classe e empresas parceiras, destacando o trabalho sério e comprometido que a URI mantém com a Região. “É importante disponibilizar esta Mostra para a toda a comunidade, compartilhando o trabalho realizado durante a vida acadêmica”.

 

A estudante Gabriela Meinhardt Camargo, presidente do Centro Acadêmico ‘Maloca’ observou que “mesmo com a pandemia, buscamos não nos desligar. A convivência entre universitários e professores é uma marca muito forte nestes 10 anos. Em nome dos colegas, eu agradeço aos professores. Vocês nos passam tudo o que precisamos para nosso futuro”.

 

A egressa Fernanda Winckler deu testemunho da importância do curso para sua atuação atual na empresa da família, cujo prédio-sede tem mais de 80 anos. “Entre a infinidade de técnicas e valores que construímos no curso, o respeito ao patrimônio é muito marcante”.

Entre os convidados, marcaram presença a presidente da Sociedade de Engenheiros e Arquitetos de Santo Ângelo, Elis Regina Lucca, o Diretor de Turismo e dirigente da Tekoá Tur Romaldo Melher, o arqueólogo do Narq Cristiano de Jesus, o arquiteto e urbanista da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação Faylo Thomas, a gerente da loja Tumelero Neusa Rocha e o vendedor da mesma empresa Jeisson Berghahn.