Egressa da URI é aprovada para doutorado em três universidades federais

 

Egressa da graduação em Engenharia Química pela URI Santo Ângelo e da Escola da URI, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, Gabriele Kuhn Dupont acaba de ser aprovada em três seleções de programas de Doutorado em Engenharia Química: pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Gabriele fez a defesa, dia 26 de fevereiro deste ano, de dissertação de Mestrado em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis pela Universidade Federal da Fronteira Sul, UFFS, Campus Cerro Largo, RS, sendo bolsista pelo programa DS/CAPES durante o segundo ano do mestrado.

Sua dissertação “Modelagem matemática da co-digestão anaeróbia de dejetos de suínos e bagaço de mandioca para produção de metano” teve como orientador Bruno München Wenzel e coorientador Daniel Joner Daroit.

“A minha dissertação de mestrado teve como finalidade principal aplicar a biotecnologia de co-digestão anaeróbia a partir de resíduos regionais, como os dejetos de suínos e bagaço de mandioca, de alta geração e potencial risco de poluição ambiental, para avaliar a produção de biogás, enquanto energia renovável”, explica Gabriele, que é a primeira egressa do curso a concluir o Mestrado.

Gabriele observa que “o curso de Engenharia Química nos proporciona e nos prepara para muitas possibilidades dentro da nossa área de interesse. Para mim, foi a área da docência e da pesquisa, dentro da linha de processos biotecnológicos com a aplicação de modelagem matemática. Por isso segui com o curso de mestrado e agora como doutoranda”.