Em formato drive-thru, emoção marcou formatura na Escola da URI

O que significa encerrar uma etapa do Ensino Fundamental e do Ensino Médio?

O questionamento é respondido pelo diretor da Escola da URI Santo Ângelo, Ms Cristiano Weber: “Nossos formandos foram estudantes que ao longo de muitos anos permaneceram na nossa escola escrevendo as suas histórias, compartilhando seus medos, suas alegrias, seus sonhos, suas conquistas e construindo as suas aprendizagens, levando consigo um pedaço da Escola da URI e deixando também as suas marcas”.

Foi revivendo todo esse processo de construção e conquistas, acrescenta o diretor, “que com muito carinho, pensamos como seria importante essa celebração de formatura, nesse momento que estamos vivendo”.

Foi então, que nos dias 11 e 18 de dezembro aconteceram as solenidades de formaturas dos estudantes das turmas 231 e 232 do Ensino Médio, 190 e 191 do Ensino Fundamental da Escola de Educação Básica da URI Santo Ângelo.

Em busca de contribuir para o pleno desenvolvimento do educando, a Escola da URI tem como missão promover a construção da cidadania e do conhecimento, para interagir com o dinamismo, consciência crítica, ampla visão de mundo, ética, autonomia e afetividade.

Diante do cenário atual, as formaturas ocorreram no formato drive-thru respeitando todos os protocolos de distanciamento, e transmitidas através do YouTube no canal da escola. Os formandos chegaram à Escola da URI acompanhados de seus familiares, em uma noite regada de emoções, memórias e vivências onde foram acolhidos pela equipe diretiva, corpo docente e funcionários para receberem seus certificados de conclusão.

Para o Diretor Ms. Cristiano Weber, “finalizamos um ano letivo de muitos desafios e com novos olhares sobre os nossos estudantes em que a nossa escola esteve comprometida com as aprendizagens durante a transição das aulas presenciais para as aulas remotas, buscando sempre manter o contato com as famílias, numa busca incessante do aprender a aprender. Esses estudantes que encerraram essas etapas, carregam consigo a nossa filosofia e deixam conosco as suas histórias construídas”.