Dezembro homenageia Engenheiros e Arquitetos. URI Santo Ângelo já graduou mais de 1.500 profissionais

O calendário de homenagens a profissionais registra no mês de dezembro, o dia 11 dedicado ao Engenheiro e o dia 15 ao Arquiteto e Urbanista.

Foi na década de 70 que iniciou na URI Santo Ângelo a criação de cursos da área das Exatas, sendo o de Engenharia Mecânica o pioneiro. Na sequência, a Universidade passou a graduar nas Engenharias Civil, Elétrica, Química e em Arquitetura e Urbanismo.

Com um corpo docente próximo aos 100% de mestres e doutores e uma estrutura de laboratórios de alto nível, os cursos possuem características comuns que constituem diferencial de grande valor: avaliação do MEC com notas 4 e 5 (5 é a nota máxima), viagens de estudos, projetos e pesquisas que permitem aproximação com empresas brasileiras e multinacionais, assim como parcerias com estas, que geram estágios e, para coroar a excelência, um nível de empregabilidade que muitas vezes já contrata o futuro profissional antes da graduação. Há casos ainda, de empresas hoje consolidadas, que nasceram na Universidade, a partir de projetos e pesquisas, como é o caso de INOVATEC 3D, VGV Consultoria e Desenvolvimento, RK Projetos e Execuções.

O chefe do Departamento de Engenharias e Ciências da Computação, Ângelo Trein Lucca, observa o alto índice de aprovação de graduados em seleções para mestrado e doutorado, bem como o destaque registrado por egressos ao conquistarem funções de destaque em grandes empresas públicas e privadas. “É impossível citar nomes, com um grupo tão expressivo, sem que façamos injustiça”.

Contabilizando os acadêmicos que devem colar grau no início de 2021, a URI Santo Ângelo já graduou 1.530 profissionais, sendo 130 em Arquitetura e Urbanismo e nas Engenharias, 87 na Elétrica, 70 na Química, 637 na Civil e 606 na Mecânica. Nas fotos de arquivo, aspectos de alguns dos laboratórios da Área de Ciências Exatas.