Farmácia promoveu “live” sobre o uso de Práticas Integrativas

O Curso de Farmácia, através das disciplinas de Assistência Farmacêutica e Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, sob a coordenação das Professoras Andressa Pagno e Márcia Cargnin, realizou no último mês a Live intitulada “Uso de Práticas Integrativas na Assistência Farmacêutica”, para o segundo semestre do curso de Farmácia.

A fala contou com a participação da Farmacêutica do município de São Miguel das Missões, Mari Teichemann, que atua na Farmácia Básica do Município desde 2007 e com a Prática de Auriculoterapia desde 2019. Os atendimentos de auriculoterapia, realizados pela farmacêutica e por mais duas profissionais da saúde (enfermeira e fisioterapeuta), se dão mediante procura da população pelo serviço e anamnese prévia com o paciente.

A Medicina Tradicional Chinesa visa o equilíbrio do ser humano como um todo, em aspectos físicos, mentais, emocionais e energéticos. Dessa forma, é essencial conhecer não só as queixas do paciente, mas sim ter uma visão holística do mesmo.

De acordo com a professora Andressa, “a auriculoterapia é uma técnica derivada da acupuntura, a qual necessita de curso de capacitação para ser aplicada, e visa à estimulação de pontos específicos no pavilhão auricular com o intuito de gerar alívio de determinados sintomas e a melhora da qualidade de vida do paciente”.

A auriculoterapia é uma das 29 práticas contempladas pela Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), previstas de serem oferecidas pelo SUS. Tais recursos envolvem abordagens que buscam estimular os mecanismos naturais de prevenção de agravos e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade.

O farmacêutico, como profissional do Cuidado e Educador em Saúde, tem incorporado as práticas modernas da farmácia clínica e as terapias complementares na busca pelo desenvolvimento de ações que melhorem a qualidade de vida da população.

Nas fotos, momento da “live” e a profissional Mari Teichemann.