Reflexão: alunos da Escola da URI experimentam o cotidiano de pessoas com deficiência

O Núcleo de Acessibilidade e a Escola de Educação Básica da URI Santo Ângelo realizaram na segunda-feira, 4, a Gincana da Acessibilidade, um conjunto de situações simulando atividades realizadas por pessoas com deficiência na vida cotidiana.

Estudantes do 1º ano de Ensino Médio participaram de leitura braile, comunicação por meio de LIBRAS, locomoção com cadeira de rodas, deslocamento com uso de bengala longa.

Os alunos foram provocados a pensar sobre como é estar no lugar desse outro que necessita de tais recursos, o que gerou momentos de reflexão sobre as situações vivenciadas.

A proposta foi organizada pela professora de Língua Portuguesa da Escola da URI, Sandra Mariani Batista e as profissionais do Núcleo de Acessibilidade Débora Escobar, Rossana Prestes, Kamila Perim, Grace Kelly H. Scremin e Carina Streda.